Página Inicial » Sem categoria » Implante de prótese mamária: conheça os tamanhos e formatos mais usados

Implante de prótese mamária: conheça os tamanhos e formatos mais usados

A cirurgia de implante de prótese mamária está no ranking dos procedimentos mais buscados pelas mulheres brasileiras. 

As estatísticas não nos deixam mentir. Dados da Sociedade Internacional de Cirurgia Plástica Estética (ISAPS) revelam que em 2018, a mamoplastia de aumento conquistou a 1ª posição entre as cirurgias mais frequentes. O mesmo destaque é feito pela Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica (SBCP)

Além da preocupação com o planejamento financeiro (preço de implante mamário), colocar silicone envolve uma série de outros fatores como: preparo emocional, informações técnicas sobre o procedimento e claro, conhecimento sobre os diversos tamanhos, formatos e  texturas do implante de prótese mamária.

Se identifica ou conhece alguma amiga que também pretende colocar silicone mamário, mas não sabe por onde começar? Este artigo é para você!

Principais formatos de implante de prótese mamária

Algumas mulheres sonham com seios turbinados e volumosos, outras desejam conciliar volume à naturalidade. 

Independentemente do gosto de cada paciente, conhecer a diversidade de tamanhos, formatos e texturas das próteses mamárias de silicone é essencial para planejar a cirurgia.

Entre os formatos de implante de prótese mamária mais comuns, existem dois que se destacam atualmente: o redondo e o anatômico.

No caso do implante de prótese mamária com base redonda, um dos diferenciais do formato é a harmonia do contorno das mamas. 

Geralmente, esse tipo de prótese é mais indicada para mulheres com baixa ou média estatura que priorizam seios volumosos, com colo bem preenchido  e destacado.

Já o  implante de prótese mamária com formato anatômico , por sua vez, é indicado para mulheres que não abrem mão do volume, mas que preferem naturalidade e discrição no colo.

Outro formato de implante de prótese mamária muito comum é o cônico. Basicamente, esse tipo de prótese tem uma aparência mais pontiaguda, com um perfil bem pronunciado. 

Por conta dessa característica, essas próteses são recomendadas para mulheres que apresentam um pequeno grau de ptose (queda das mamas) e desejam sua correção através do efeito estaca que elas proporcionam.

Seja lá qual for o seu perfil e preferência, é importante que você entenda o porquê da prótese de silicone de gel coesivo ser um critério fundamental na hora de escolher o  seu implante de prótese mamária.  

Atualmente, esse material é considerado um dos mais avançados no mercado das próteses de silicone. Na prática, o gel traz inúmeras vantagens para a paciente. Confira algumas:

  • Naturalidade nos resultados;
  • Alta durabilidade em relação a outras próteses;
  • Mais segurança para a paciente;
  • Excelente custo-benefício diante de situações como flacidez;
  • Menor risco de complicações como contratura capsular, rippling e extravasamentos 

Perfil da prótese de silicone

Não há como falar de volume de implante de prótese mamária, sem entender os diferentes perfis das próteses de silicone e como essa diversidade afeta o resultado.

Na prática, os perfis são definidos pela altura da prótese a partir de sua base até o seu ápice.

Ou seja, num dado volume ( por exemplo, 300 mls ) a prótese poderá ter uma projeção maior (perfil mais alto) e uma base (diâmetro) menor ou ir distribuindo esse volume em formatos com perfis cada vez mais baixos e bases cada vez mais largas.

Dentro desse conceito, existem quatro modelos que se destacam: perfil baixo, perfil moderado, perfil alto e perfil super alto. Veja abaixo as características e indicações para cada um deles:

1. Perfil baixo e Perfil moderado

Esses dois perfis de prótese são caracterizados por dois fatores: largura do implante (diâmetro) destacada e projeção (altura) pequena.

Por conta dessas características, esses modelos de implante de prótese mamária são mais indicados para mulheres que buscam uma projeção discreta na parte da frente dos seios e possuem um tórax mais largo.

2.Perfil alto e Perfil super alto

O grande destaque dessas próteses é que elas proporcionam  maior projeção aos seios. É o implante ideal para pacientes com pouco volume no colo e tórax mais estreito.

Esses perfis além de proporcionar  um colo mais pronunciado,podem também oferecer alguma melhora em graus leves de ptose mamária  (queda das mamas), pelo efeito estaca que a projeção acentuada proporciona.

Variações de textura do silicone mamário

Assim como volume e formato são critérios importantes na hora de escolher o implante de prótese mamária, entender como a textura da superfície externa das próteses afeta o resultado e o corpo da mulher é uma questão importante na hora da escolha do implante mamário.

As próteses revestidas de poliuretano também chamadas de macrotexturizadas são muito macias e porosas. 

Essa característica facilita a aderência do implante ao tecido mamário e à parede torácica, o que reduz o risco de deslocamento dos implantes e ajuda a prevenir a queda precoce das mamas no pós operatório. 

Já as microtexturizadas  apresentam uma textura mais delicada em sua superfície, mas não são lisas  — o que é bom para o processo de aderência do implante de prótese mamária ao corpo da mulher e além disso apresentam uma  baixa probabilidade de contratura capsular.

Por fim, as próteses nanotexturizadas, são  praticamente lisas e oferecem benefícios como reduzida ou ausência de ocorrência de contratura capsular, porém tem uma baixa aderência do implante ao tecido mamário e à parede torácica.

Qual é a melhor opção de próteses mamárias para o meu caso?

Agora que você sabe um pouco mais sobre a diversidade de formatos, texturas e projeções das próteses de silicone, deve estar na dúvida sobre qual é a mais adequada para o seu corpo, certo?

O melhor caminho para entender qual é o implante de prótese mamária ideal para você é marcar uma avaliação médica, afinal há uma série de fatores que influenciam essa escolha, tais como:

  • Altura;
  • Formato do tórax;
  • Preferência estética;
  • Espessura e volume das mamas;
  • Qualidade da pele.

Esses critérios são importantes não só para se definir qual o formato de prótese mamária melhor  se ajustará em seu corpo, mas também ajudam você descobrir qual é o volume mamário que mais combina com seu perfil.

Geralmente, os volumes de próteses mais usados variam entre 250 e 400 ml.

Vale reforçar mais uma vez que as características corporais da paciente como altura, peso, volume prévio das mamas e espessura da pele localizada no tórax são determinantes para o especialista avaliar qual é o implante de prótese mamária certo para você.

Ao passar em consulta com seu cirurgião, você terá uma noção mais completa sobre o que é o procedimento, como é feito e quais são as indicações médicas para o seu caso.

É neste momento que você poderá tirar dúvidas sobre preço de implante mamário, bem como poderá provar os  diferentes moldes que norteiam a escolha das próteses. Assim, será mais fácil alinhar suas expectativas com os possíveis resultados estéticos do implante de prótese mamária.

Ainda com dúvidas? Converse com nossa equipe ou agende uma avaliação com o Dr. Regis Milani!

Deixe um comentário

Open chat
Oi, tudo bem? Como posso te ajudar? :)
Oi, tudo bem?
Como posso te ajudar? :)