Página Inicial » Sem categoria » Troca de prótese de silicone: 4 indícios de que chegou a hora

Troca de prótese de silicone: 4 indícios de que chegou a hora

Quando é necessário fazer a troca da prótese de silicone? Se você colocou silicone ou quer aumentar as mamas e tem a mesma dúvida, saiba que esse é um assunto muito pertinente entre as mulheres.

Assim como os demais implantes, o silicone não tem prazo de validade. No entanto, existem algumas situações que levam à necessidade da paciente a fazer a troca da prótese mamária, independente do tempo de cirurgia.

Curiosa? Leia mais e veja quatro condições que exigem a troca de prótese de silicone!

1.Ruptura da prótese de silicone

Definir quanto tempo dura uma prótese mamária é algo desafiador. Se as próteses são de qualidade, elas podem durar muitos anos, contudo  há condições que levam à necessidade da troca da prótese de silicone antes do tempo esperado.

A ruptura da prótese é um exemplo. Apesar dessa condição ser extremamente rara (pesquisas indicam que a chance de uma ruptura ocorrer é de 1% ao ano),  existe o risco da paciente ter que fazer a troca de prótese mamária por esse motivo. .

Você deve estar se perguntando sobre o que causa o rompimento das próteses, certo? Listamos abaixo alguns fatores que favorecem essa situação.Confira:

  • Acidente de carro;
  • Quedas;
  • Microfissuras na camada externa do silicone;
  • Falta de cuidado no pós-operatório

Além desses casos, a ruptura pode ser espontânea, sobretudo nas próteses com modelo mais antigo.

Identificar essa condição não é algo tão óbvio quanto parece. Em alguns modelos de prótese, há o vazamento, enquanto em outros, a mulher pode apresentar dores , endurecimento das mamas ou até mesmo perda de volume mamário.

Se você está sentindo algum sinal parecido, o ideal é fazer uma visita ao cirurgião plástico para verificar se há ruptura ou não do implante. Caso haja confirmação, é necessário providenciar a troca de prótese de silicone o quanto antes.


Lembre-se: não trocar silicone nesses casos aumenta o risco de inflamação dos tecidos mamários e consequentemente sua saúde será afetada.

2.Contratura capsular

Endurecimento nos seios, dor e assimetria nas mamas são alguns sinais da chamada contratura capsular. — uma reação do organismo ao implante mamário que na prática forma uma cápsula fibrosa cada vez mais espessa e rígida ao redor das próteses.

Essa condição é um dos principais motivos para trocar a prótese de silicone.Pare e pense: colocar silicone é fazer o implante de um corpo estranho dentro do organismo, portanto é natural que o organismo reaja de alguma forma. 

No caso das próteses mamárias, ocorre a formação de uma espécie de “película” fibrosa ao redor do implante. Essa película, também chamada de cápsula tende a se espessar e contrair com o passar do tempo, causando endurecimento, deformações e dores nas mamas.

É importante destacar que a troca da prótese de silicone depende do grau de contratura capsular. Os casos mais graves são identificados pelos graus III e IV que correspondem a distorção e/ou dor nas mamas, respectivamente.

3.Perda de peso e rippling

A perda de peso acentuada é algo que influencia no volume e na estética das mamas e esse é um motivo que pode levar à necessidade da troca das próteses de silicone.

Isso acontece porque nos grandes emagrecimentos há uma diminuição muito significativa na espessura do tecido adiposo que recobre as mamas, o que pode tornar a superfície das próteses e suas irregularidades muito evidentes.

Nestes casos é provável que ocorra o popular Rippling (ondulações no colo e em outras partes dos seios) que nada mais são do que as irregularidades naturais da superfície das próteses que se tornam evidentes devido à falta de espessura do subcutâneo e do tecido mamário que as recobre.

Caso se identifique essa situação, se faz necessária a troca de prótese de silicone por um implante mais moderno e mais preenchido.

Além disso, ainda poderá ser necessária a  mudança de plano do implante de subglandular para submuscular (abaixo do músculo peitoral maior),para permitir um maior acolchoamento dos implantes.

Se identificou? É o caso de avaliar uma possível troca da prótese mamária!


4. Queda e/ou flacidez das mamas

Após a gravidez ou durante o processo de envelhecimento, é natural que os seios fiquem mais flácidos e caídos. Na mulher que tem próteses de silicone isso também pode acontecer.

Para melhorar essa condição, geralmente está indicada a realização de uma mastopexia, também conhecida como lifting das mamas, que serve para remodelar e levantar as mamas juntamente com a troca de prótese de silicone.

Agora que você chegou até aqui, deve ter percebido o quão importante é fazer a substituição do implante nas situações mencionadas acima, certo?

Trocar silicone é um processo necessário quando a mulher enfrenta alguma situação específica e serve para evitar vazamentos, inflamações, contraturas, deformidades, rupturas entre outras complicações. 

É importante considerar que a troca de prótese de silicone é muito influenciada por outros fatores como a qualidade do implante, as habilidades do cirurgião e a própria reação do organismo ao implante. 

Como cada paciente pode reagir de forma diferente ao procedimento, é ideal fazer visitas periódicas ao cirurgião plástico.

Em resumo: fazer acompanhamento pós-operatório, realizar exames de imagem de rotina, tirar dúvidas com o médico e ficar atenta aos sinais do seu organismo são autocuidados que podem prolongar e muito a necessidade da troca da prótese de silicone.

Ainda com dúvidas? Clique aqui e converse com um cirurgião plástico que entende do assunto!


Deixe um comentário

Open chat
Oi, tudo bem? Como posso te ajudar? :)
Oi, tudo bem?
Como posso te ajudar? :)